quarta-feira, 17 de junho de 2009

Era uma vez

Um sapo pulou no meu colo e me pediu um beijo. Esmaguei o bicho. Sapos não deviam falar.

3 comentários:

Analu disse...

vou comprar um presentinho pra vc que tem a ver com esse seu otimo poemínimo. divide em versos que vira poesia. hahaha. bjs e até! analu

J Alexandre Sartorelli disse...

O sapo pula.
A mosca pousa
E escapa.

bjs

É Ella? disse...

vendo um semi novo esmaga-sapos importado da terra dos felizes para sempre, quer?
adorei.