quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

A melhor cantada

- Você vem sempre aqui?
- Ah, vai. Essa cantada, não.
- Na verdade não é uma cantada. Tô fazendo uma pesquisa.
- Pesquisa, é?
- Sim, sobre os frequentadores desse bar.
- Hum. Desculpe. Sabe como é, né?
- Imagino que você esteja acostumada com esse tipo de abordagem.
- Nem tanto. Mas é que é bem batidinha...
- E qual é o tipo de cantada que te atrai?
- As mais inteligentes, ué.
- Alguma que você possa citar?
- Deixa eu ver... Uma vez um cara me disse que era de uma empresa de cosméticos e que estava interessado em me contratar como modelo oficial da marca dele.
- E você?
- Fiquei interessada, né? Daí ele pegou meu telefone e disse que a empresa dele entraria em contato para uma entrevista.
- E a empresa ligou?
- Nada. Ele ligou no dia seguinte, pediu desculpas pela brincadeira, mas disse que foi o jeito de chegar perto de uma mulher linda como eu.
- E vocês saíram depois?
- Sim. Pena que não deu certo.
- O que houve?
- Descobri que ele trabalhava mesmo na empresa de cosméticos. E que a proposta era verdadeira.
- Que bom, então.
- Seria, mas ele disse que me tirou da seleção porque gostou de mim. Não queria misturar as coisas.
- Então você perdeu a oportunidade, mas ganhou um namorado apaixonado.
- E eu lá preciso de um? Namorado apaixonado eu arrumo outro. Um emprego desses, nunca mais! Terminei com ele logo que soube.
- Você não acha que foi um pouco fria?
- Vocês homens são engraçados. Não vê você aí, achando que ia me enganar com essa história de pesquisa?
- Eu?
- Aposto que vai pedir meus contatos no final, né?
- Bem, sim, eu ia, mas...
- Acham que mulher é tudo boba. Que a gente cai em qualquer conversa.
- Não era a minha intenção...
- Que podem usar a gente o quanto querem. Na hora que a gente dá o troco, chamam de fria, de interesseira.
- Você há de convir que soou meio assim.
- Foi? E se eu disser que inventei tudo?
- Não sei. Acho que não acredito.
- Claro. Típico. Agora sou mentirosa, né? Olha, gatinho, vai cantar de galo em outro lugar, tá bom?
- Mas eu não terminei. Seus contatos...
- Procura na lista. Luciano de Albuquerque. Passe bem.

2 comentários:

Eduardo Willy disse...

meo, muito bom! Os diálogos são os meus favoritos!

Fernanda disse...

valeu, menino Willy! eu acho tb que é o que eu faço melhor...