terça-feira, 12 de maio de 2009

Realidade infeliz

Futebol, política ou religião não se discute. Mata-se.

Nenhum comentário: